quarta-feira, 13 de maio de 2009

"TIRA DA PRATA AS ESCÓRIAS, E SAIRÁ O VASO PARA O FUNDIDOR" Pv 25.4

Oi Pr. João, Por favor, eu preciso "aprofundar" o versículo: Tira da prata as escórias, e sairá o vaso para o fundidor. Pv 25.4. Além da Bíblia onde eu posso pesquisar? Estão usando esse versículo como "tema" para o quarto aniversário da consagração que será comemorado no dia 30 de maio de 2009. Por favor, me ajude. Obrigada Preciso da sua resposta Jacira Rodrigues Olá Jacira, tentemos Eis, em hebraico o texto que você deseja! הָגוֹ סִיגִים מִכָּסֶף; וַיֵּצֵא לַצֹּרֵף כֶּלִי Neste caso, precisamos separar e analisar pelos menos quatro (04) elementos 1. A prata 2. A escória 3. O vaso 4. O Fundidor
A prata – מִכָּסֶף –“kesep” – designa a prata recém garimpada e derretida, e, também o material usado em utensílios, trombetas, ídolos etc. Pv 25.4; 26.23 , Ez 22.18, Gn 44.2.
A prata é encontrada como um metal nativo em algumas minas da Grécia. Também era extraída do minério de prata mediante fundição com chumbo. A liga chumbo-prata era purificada através de aquecimento e da queima do chumbo com óxido. As impurezas eram retiradas ao virem à superfície. A prata era o padrão usual do comércio. Nos dias de Moisés, dois siclos de prata era o preço de um carneiro Lv 5.15. Dentre os utensílios do templo, observe que, alguns eram de prata. Prata fala do resgate e de nossa redenção.
A escória - hb סִיגִים - “sûg, sîg” – Em geral a palavra se refere àquilo que é posto de lado ou refugado durante o processo de refinamento. É claro que a escória não é de fácil derretimento, é necessário, antes um aquecimento de pelo menos 2500ºC (dois mil e quinhentos graus centígrados). Não existe outra maneira de separar a escória da prata sem que passe pelo forno. Escória é tudo aquilo que não presta em nós. Tudo o que impede a manifestação de Deus em nossas vidas. Poderíamos chamar a grosso modo de “obras da carne”. Estas obras precisam passar pelo “micro – ondas” espiritual do Espírito Santo para liberar a prata, até que comece a exteriorizar um “espelho” onde reflitamos Cristo.
O vaso – hb – כֶּלִי – kelî - “utensílio” – trata de um substantivo que denota o equipamento, recipiente, ferramentas, etc., próprios de um determinado serviço ou ocupação. Neste caso de Provérbios, a expressão aqui é utensílio, no sentido de recipiente, significando que depois da escória tirada, Istoé, da prata limpa, ela se torna, um utensílio que deverá ser utilizado pelo seu próprio Fundidor.
O Fundidor - hb לַצֹּרֵף “tsarap - “ouríveis”. Esta expressão é usada em referência à atividade daqueles que trabalham com ouro e prata e para o processo de purificação de metais antes de se fazerem utensílios finos com eles. É Aquele que é especialista no trabalhar com, ouro, prata, bronze, cobre, chumbo e tudo o mais. É o Cirurgião na metalurgia, é o Metalúrgico por excelência. Conhece toda a composição química do metal (ser humano), afinal Ele mesmo criou, formou, moldou, deu forma. O clímax do processo purificador divino resultará no estabelecimento de um utensílio, sobre o qual Ele tem e terá absoluto domínio.
Espero que este pequeno exemplário possa lhe ajudar no desenvolvimento do seu sermão! Paz

3 comentários:

  1. Bom dia Pr. João,

    Perdi a noção das horas navegando no seu blog. Obrigada pela resposta.
    Essa palavra entrou no meu coração. Que palavra linda, profunda, posso dizer, emocionante! Não pude conter as lágrimas e, ainda agora, ao responder seu e-mail, meus olhos estão marejados de lágrimas. Obrigada mais uma vez. Tentei, mas não consegui postar a resposta no seu blog. Também queria entrar para o grupo de seguidores, mas não consegui.

    Paz


    Jacira Rodrigues

    ResponderExcluir
  2. Olá pastor.

    Não dá pra competir contigo não. Boa palavra. Abraço


    Lucas

    ResponderExcluir