terça-feira, 21 de julho de 2009

" SAUL CONSULTOU UMA FEITICEIRA! O ESPÍRITO ERA O DE SAMUEL?

Há poucos dias fui indagado pelo Presbítero João Robero acerca do que teria de fato ocorrido no incidente relatado no Livro do Profeta Samuel, quando Saul consulta uma pitonisa. O que de fato ocorreu? Saul conversou com Samuel?

Como Deus pôde permitir que a feiticeira de En-Dor tenha feito Samuel subir de entre os mortos, já que Deus condena necromancia?

Meu prezado irmão e amigo João Robero,

A Bíblia condena com severidade toda feitiçaria e comunicação com os mortos:

  1. A feiticeira não deixarás viver” Êx 22.18.

  2. Quando alguém se virar para os adivinhadores e encantadores, para se prostituir com eles, eu porei a minha face contra ele, e o extirparei do meio do seu povo. Quando, pois, algum homem ou mulher em si tiver um espírito de necromancia ou espírito de adivinhação, certamente morrerá; serão apedrejados; o seu sangue será sobre eles”. Lv 20.6,27

  3. “Quando entrares na terra que o SENHOR teu Deus te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações. Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR teu Deus os lança fora de diante” Dt 18.9-12

  4. “Quando, pois, vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram: Porventura não consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos? À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles”. Is 8.19.

Ali, o rei Saul, depois de perder a comunhão com Deus,e, ser rejeitado por Ele, pensou que conversaria com o profeta Samuel. Os espíritas kardecistas também usam, equivocadamente, esse episódio para dar fundamentação bíblica à falaciosa doutrina da comunicação com os mortos. Mas jamais Samuel voltaria para falar com alguém, principalmente com Saul, a quem o Senhor rejeitara: “... o SENHOR lhe não respondeu, nem por sonhos, nem por Urim, nem por profetas”     1 Sm 28.6.

Há muitas provas de que quem falou com Saul não foi o profeta Samuel. Primeiro, porque a Bíblia não diz que foi Samuel quem lhe apareceu, mas que Saul entendeu que era ele (1 Sm 28.14). Aquele suposto Samuel mentiu, ao dizer que, no dia seguinte, o rei e todos os seus filhos seriam mortos (1 Sm 28.19). Quando em vida, o profeta Samuel foi um homem íntegro (1 Sm 3.19). Mentiria depois de morto? (Ciro Ziboni)

No Antigo Testamento, os que praticassem tais coisas receberiam a pena de morte. O rei Saul sabia disso e até expulsou todas as feiticeiras da terra de Israel, “E Samuel já estava morto, e todo o Israel o tinha chorado, e o tinha sepultado em Ramá, que era a sua cidade; e Saul tinha desterrado os adivinhos e os encantadores”. 1Sm 28.3

O problema é que parece que ela teve sucesso no contato com Samuel, o que daria validade aos poderes da feitiçaria que a Bíblia de forma tão severa condena.

Mas a maior evidência de que aquele que falou com Saul não passava de um agente de Satanás é que, a Bíblia assevera de forma categórica que, uma das razões pela qual o rei morreu foi pela sua decisão de consultar uma feiticeira-médium: “... morreu Saul (...) também porque buscou a adivinhadora para a consultar” (1 Cr 10.13). Portanto, biblicamente, não existe a mínima possibilidade de comunicação dos vivos com os mortos, pois “está posto um grande abismo” entre eles (Lc 16.26; 2 Sm 12.23).

  1. Alguns crêem que a feiticeira operou um milagre por meio de poderes demoníaco e de fato trouxe Samuel dos mortos. Como justificativa, citam passagens que indicam que os demônios têm poder de realizar milagres, Mt 7.22; 2Co 11.14; 2Ts 2.9-10;Ap 6.14. Entretanto as objeções a essa posição incluem o fato de que a morte é o fim, “E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo”, Hb 9.27; que os mortos não podem retornar, 2Sm 12.23, porque há um grande abismo colocado por Deus, Lc 16.24-27, e que os demônios não podem usurpar a autoridade de Deus sobre a vida e a morte, Jó 1.10-12
  2. Outros têm sugerido que na verdade a feiticeira não fez subir Samuel de entre os mortos, mas que foi simplesmente uma fraude. para explicar isso, referem-se aos demônios que enganam as pessoas que tentam estabelecer contato com os mortos, Lv 19.31; Dt 18.11; 1Cr 10.13 e argumentam que os demônios às vezes proferem o que é verdade, cf At 16.17. As objeções a essa posição incluem o fato de que a passagem parece dizer que Samuel realmente voltou dos mortos, que a profecia de Samuel foi algo que veio a acontecer e que é improvável que demônios tenham proferido verdades de Deus já que o Diabo é o "pai da mentira" Jo 8.44
  3. A feiticeira não fez subir Samuel de entre os mortos, mas Deus mesmo interveio na tenda para repreender Saul pelo pecado. As razões dessa posição são:
  • Samuel parece realmente ter voltdo dos mortos v.14, mas
  • Nem os homens nem demônios têm o poder de trazer pessoas mortas, Lc 16.24-27; Hb 9.27;
  • Até mesmo a feiticeira parece surpreender-se com o aparecimento de Samuel, provindo dos mortos v.12;
  • Esta passagem condena diretamente a feiticeira, v.9, portanto é bem improvável que ela lhe desse crédito declarando que feiticeiros podem realmente trazer de volta pessoas mortas;
  • Deus às vezes fala em lugares insuspeitos por meios fora do comum, (cf jumenta de Balaão, Nm 22;
  • O milagre não foi realizado pela feiticeira, mas apesar dela;
  • Samuel parece realmente aparecer provindo dos mortos, censurar Saul e proferir uma profecia verdadeira, v.19;
  • Deus condenou explícita e repetidamente o contato com os mortos e não contradiria isso dando crédito à feitiçaria.

A história da predição correta, feita na caverna de En-Dor, foi narrada porque ela encerra uma lição moral, e não para endossar a teoria de que o “espírito” do profeta Samuel, compareceu intimado por uma pitonisa. Uma vez que Saul estava alienado de Deus, a Fonte de seu poder, não era difícil prever o resultado da batalha no monte Gilboa. Todavia, não podemos negar que DEUS, O SENHOR , tem em Suas mãos o Poder e Domínio de todas as coisas. Ainda, que existem ENIGMAS  e MISTÉRIOS na Bíblia que Deus não revelou a homerm algum!!

19 comentários:

  1. Nem rpecisa de mais explicações!!!Excelente post!

    ResponderExcluir
  2. Lc 16.26 E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá.
    Pastor essa passagem n se refere ao abismo posto entre o seio de Abaão e o Ades n?

    ResponderExcluir
  3. Desculpe, mas qual é a verdadeira então?

    ResponderExcluir
  4. Mestre...fantástico ,tirei minha dúvida.

    ResponderExcluir
  5. Prezado, desculpe mas, o fato é que o profeta Samuel falou com Saul (1Sm 28:15-17) lendo texto e contexto dos livros 1 e 2 Samuel fica claro. A biblia é clara quanto ao adivinhadores, porém, o texto é claro. Dizer que é um agente de Satanas isso não podemos afirmar o texto não fala. Em Israel através de um decreto do proprio rei Sauel erá proibido a pratica de adivinhos.
    Outro fato narrado no capitulo 1SM 28: 19 Samuel fala da morte de saul que ocorreria no dia seguinte, fato que ocorreu mesmo, capitulo 31 mostra.
    Conclusão: Não podemos dizer algo que a nosso entendimento não alcança, a explicação acima está parcialmente correta, porém, sem fudamentação para o texto questionado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo "anonymous" rs A morte de Saul não ocorreu no dia seguinte, vc lendo os capitulos seguintes verá que isso ocorreu uns três dias depois, ele não foi morto: sucidou-se e uns três filhos dele continuaram vivos. Outra coisa, um demônio pode sim ter aparecido para a feiticeira, pois eles também aparecem para muitos macumbeiros e até para cristãos... ela viu um demônio que apareceu em forma de um ancião, Saul não viu ele... demonios sabem muito bem o que acontece em sua vida, eles não podem saber apenas os pensamentos e nem prever o futuro.. ele disse que Saul morreria por saber que de acordo com as ações de Saul isso é o que estava certo q aconteceria... mais veja bem, ele errou, pois apenas deduziu que morreria no dia seguinte.. o texto ta bastante claro, explica de uma forma condizente com a palavra... errado é dizer que ele realmente falou com Samuel, não tem sentido, Deus não queria falar com Saul pq usaria uma feiticeira pra fazer isso????

      Excluir
  6. Entendo nesta passagem que Saul queria ver Samuel e quando a feiticeira fala que alguem subiu com capa Saul logo entendeu que era Samuel e outra e que ela para ter credito com Saul fala do próprio jeito que Samuel se vestia e Saul não teve duvida que era Samuel

    ResponderExcluir
  7. Quando Saul conversa com aquelea pessoa pensando ser Samuel está fala a ele que eles iriam se encontrar como iam sr encontra sr Samuel foi salvo e pelo jeito saul não entendo com isto que não era Samuel . enfim não devemos nos preocupar com essas coisa que não vai nos salvarmas preocupar conhecer mais e mais o Senhor Jesus que nos da salvação

    ResponderExcluir
  8. Excelente Pastor. Deus o abençoe em nome de Jesus Cristo, pois sua explanação foi a Bíblia explicando a própria Bíblia, através das várias citações da Santa Palavra de DEUS. Sensacional. Glórias ao SENHOR DEUS!!!

    ResponderExcluir
  9. acredito que DEUS não dividi a gloria dele com ninguém e isto nos mostra neste texto deixando todos extasiado com uma duvida muito grande se não todos tinham o mesmo pensamento.

    ResponderExcluir
  10. A explicação fica clara. Os suicidas vao para onde? O suposto Samuel disse: amanha tu e teus filhos estareis comigo. ( quem falou com Saul?) Obra de engano.

    ResponderExcluir