terça-feira, 10 de julho de 2012

Unção: Quem pode ungir ou o que ungir?











Este assunto me tem tirado o conforto em razão de tantas inovações e até aberrações por alguns líderes, principalmente.
O que me entristece é que, mesmo sem o conhecimento do assunto, tais líderes sequer procuram se instruir.
É o meu lamento....



Unção: Quem pode ungir ou o que ungir?

Um irmão
A paz do Senhor! Tudo bom meu chefe? Gostaria de lhe perguntar qual é sua opinião sobre unção com óleo; o senhor é tradicional, mas pelas novas concepções, qual é sua posição?
As mulheres podem ungir? Todos os irmãos podem fazê-lo? Tudo se unge e unge-se por
tudo? Hum, gostaria de ouvir sua opinião. Desde já, obrigado pela atenção. Que o Senhor
vos abençoe; tenha uma boa noite, com sono tranquilo e reparador. Fique na paz.

Outro irmão
Pastor, sei que a pergunta nada tem a ver com que o irmão estava tratando ao telefone, mas e ajude.
O óleo mencionado em Tg 5.14 tem qual significado? É importante ou foi só para a época, porque era usado como remédio? O óleo simboliza a presença do Espírito Santo? Quem pode ungir com óleo, e para quê?
Acredito que respondendo essas perguntas, o senhor estará ajudando muita gente que está estudando
Uma irmâ
Qualquer irmão pode ungir? Pode-se ungir objetos ou qualquer parte do corpo? Deve-­se beber o óleo, ao invés de ser ungido?"
Antigamente, o azeite era aplicado depois do banho (Rt 3.3 e Ez 16.9), nas feridas (Lc 10.34), nos cadáveres após a lavagem do corpo (Mc 16.1), nos cativos libertos (Lc 28.15), na cabeça (SI 23.5) e nos pés (Lc 7.38).

No Antigo Testamento, além dos propósitos descritos, a unção adquiriu uma relevância distintivamente religiosa. Ungir com óleo separava determinadas pessoas e objetos, dedicando-os ao serviço divino. Havia na legislação (Ex 30.22-­33 e 40.10-11) óleos que eram usados para dedicar o tabernáculo, seus móveis e seus vasos, assim como os membros da classe sacerdotal de Levi que deviam ali servir. Eventualmente há menções à unção dos profetas (1 Rs 19.6 e SI 105.15), porém o maior número diz respeito à unção dos reis ( 1Sm 10.1; 16.13 ). Até os utensílios de guerra passavam por consagração (2Sm 1.21 e Is 21.5).

Na história da Igreja, era de se esperar que um tão grande número de referências à unção nas Escrituras exercesse um impacto sobre os cristãos ao longo de sua existência.
As igrejas protestantes reconhecem a unção exclusivamente com respeito à cura física. Outros segmentos mais recentes, compostos pelos neopentecostais, têm procurado difundir a ampla e irrestrita utilização de procedimentos apresentados no Antigo Testamento, ungindo a tudo e a todos, sob o pretexto de transmissão de virtudes espirituais.

Esse processo de mistificação do cristianismo afasta-nos da base de que "Cristo é suficiente e bastante" para tudo que necessitamos. Paulo exortou aos Colossenses acerca dos perigos tanto da filosofia, do dogmatismo e do legalismo, quanto do misticismo (Cl 1e 2).
Conforme Amos 6.6 a corrupção generalizada distorceu a intenção original da unção, fazendo crer que mais importante do que a vida interior era a repetição do ritual com o óleo mais excelente. E é exatamente aí que reside o perigo da substituição da espiritualidade dinâmica e transformadora pelo ritualismo repetitivo e sem vida.

A supervalorização de rituais serve apenas aos interesses de quem quer manipular o fiel para multiplicar os resultados da instituição que o impõe. A realidade é que nestes rituais não há qualquer possibilidade de elevação de alma em busca do sagrado.
Em Tiago 5.14-16, o apóstolo orienta sobre a doença física e instrui sobre o direito do fiel em receber a oração, seguida de unção efetuada pelo presbítero, e demonstra que a ênfase recai sobre a oração motivada pela fé, fazendo-nos compreender que a unção aqui pode possuir um caráter estimulante desta fé, não possuindo o azeite em si mesmo qualquer graça espiritual ou "mágica" para operar a cura. Também deixou claro que há enfermidades que não se afastam senão após confissão de pecados. Mas, por outro lado, reconhece que nem sempre a enfermidade é de raiz pecaminosa, conforme indica a expressão "se houver cometido pecados" do verso 15.
E imperativo salvaguardar a espiritualidade desprovida de artifícios que encantam e impressionam os sentidos físicos, pelo tato, visão e até paladar (procedimentos em que o azeite é ingerido e outras aberrações), mas não afetam a vida espiritual.

A ênfase por rituais de unção indiscriminada, além do preceituado em Tiago, atende a interesses de retornar ao período pré-reformado da Igreja, lançando-a na obscuridade advinda da ignorância dos fieis e da volúpia de dirigentes. As ADs, segundo a Bíblia, continuam recomendando: unção apenas pelos enfermos, sobre a testa e não no local da doença, seguida da oração da fé, para restauração da saúde física; e unção realizada apenas pelos condutores espirituais do rebanho de Deus, ou seus presbíteros e pastores-auxiliares, quando autorizados.  
O óleo mencionado em Tiago 5.14 é óleo mesmo, usado como ponto de contato, para estimular a fé do doente. Não há nele nenhum poder inerente. Tanto que o versículo seguinte mostra que "a oração da fé salvará o doente".

A unção para os enfermos é a única que deve prevalecer em nossos dias (Mc 6.13; Tg 5.14). No plano espiritual, a unção representa o Espírito Santo (Lc 4.18), mas no caso da unção literal (exclusivamente para os doentes, e não para carteiras de trabalho, carros, casas, etc.), é apenas um ponto de contato mesmo.

Quem pode ungir com óleo, e para quê? Só o ministério pode ungir, a fim de interceder a Deus pelos enfermos (Mc 6.13; Tg 5.14). O que passar disso é modismo, má inovação, sem nenhum respaldo bíblico.

Não encontramos na Bíblia nem uma vez sequer ordem para ungir carros, caminhões, casas, sítios e etc. Ungir essas coisas fica um tanto esquisito porque casas, carros, sítios poderão ser vendidos e daí como fica a unção anteriormente realizada, ela tem vencimento? No Novo Testamento encontramos ordens para ungir enfermos, porém examine com muita atenção essa ordem, porque existem também pessoas ungindo em desacordo com a Palavra de Deus, preste bem atenção no que o Apostolo Tiago diz: (Tiago 5:14) “Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor”. Tiago diz: Está alguém entre vós doente? E em seguida determina quem são os que devem realizar a unção. Hoje vemos pessoas que não estão no Presbitério e até senhoras ungindo, além disso, ungindo pessoas que nem pertence a uma igreja, como pode ser isso? Como fica a ordem apostólica, porque quando ele diz; alguém entre vós, entende-se claramente que ele se referia a Igreja e não ao mundo. Outra coisa que acontece é que muitos ungem o local da enfermidade, se você prestou atenção na leitura do versículo acima você notou que está escrito; orem sobre ele e em lugar nenhum diz para ungir o local da enfermidade. Ungir o local da enfermidade pode trazer conseqüências desastrosas e mesmo porque não existe essa recomendação na Bíblia. E o que é ainda pior, banaliza a unção que é algo tão sagrado. Ao ungir qualquer pessoa, e sem critérios, sobretudo não crentes, posso incorrer em um grande erro: ungir alguém que pode estar dominado por demônios ou espíritos enganadores.

Para mim, isso é ultrapassar o que está escrito e isso não é recomendável.

Não concordo com discriminações alguma, porém a unção não foi autorizada para ser realizada por senhoras(irmãs) e nem para se ungir os de fora(não crentes) e nós temos que obedecer às ordens bíblicas e não os nossos pensamentos que isso pode ser assim e assim. Se alguém puder me apresentar outra base dentro da Bíblia, ficarei grato.

Não podemos aceitar heresias e modismos. Bíblia é Bíblia.

Em Cristo,

Procure saber se estes adeptos, inclusive pastores:

1.  São alunos da Escola Bíblia Dominical
2.  São participantes dos Cultos em que a Palavra é Ensinada
3.  São participantes dos Cultos Administrativos da Igreja
4.  São alunos de Seminário Genuinamente Teológico
5.  São obedientes aos seus líderes e pastores
6.  Têm compromisso com Deus,Sua Palavra e com a sua Igreja
7.  Têm vida consagrada a Deus
8.  Dão testemunhos de vida em casa, rua e trabalho etc

Fontes consultadas:
cirozibordi.blogspot.com
 Biblia Hebraica
Novo Testamento Grego
Dicionário Zondervan
Concordância Exaustiva de Strong
Léxico Alemão grego

41 comentários:

  1. Tremendo!!! Deus fala!!!! Amém!! Concordo com o Pr. Nao só pela liçao como pela base biblica. Mas quero ir além, tenho visto igrejas permitir que cristaos nao batizados participem da Ceia do Senhor, e até visitantes. Nissso eu vejo pesoas amigadas, pessoas que ainda bebem ou fumam participando da mesa do senhor. O que o Pr. pode nos dizer a respeito. a graça e a paz!!! Richard

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GRAÇA E PAZ!
      A CEIA É O CORPO E O SANGUE DE CRISTO,NÃO PODEMOS NEGA-LOS AS PESSOAS.....A PALAVRA FALA VENHA COMO ESTA.....SE FOR GENUINO O ESPIRITO SANTO SE ENCARREGARA DAS DEMAIS COISAS,O QUE NAO PODEMOS FAZER É JULGAR E SIM ACOLHER ESSES QUE ESTAO SEM FORÇA PRA SEGUIR A VERDADEIRA VIDA.
      A PAZ
      MARCELA(NOVA ANDRADINA,MS)

      Excluir
    2. a paz do senhor irmão, o irmão poderia ,então me explicar o que diz o apóstolo Paulo no capílo 11 e os versículos 27-32 de 1ºCoríntios. como fica a santificação. tem que haver um discipulado, Jesus morreu pelos nossos pecados

      Excluir
    3. Paz do senhor irmã, se pessoas moram juntas e não estão casadas isso é fornicação, fumantes e os que fazem uso de bebidas alcoólicas e não batizadas estão em desacordo com os mandamentos de Deus e se elas participam da ceia e para a própria condenação,

      Aconselho ler1 Coríntios 11:27-29

      Portanto, qualquer que comer este pão, ou beber o cálice do Senhor indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor.
      Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice.
      Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor.

      A Paz do Senhor

      Excluir
    4. Uma duvida?
      Casar no cartorio é fornicaçao tambem, ja que nao se necessita o juiz de paz ter religiao ou vinculo religioso e a instituiçao ser laica!
      Mas como socialmente necessita-se de certidao todo casal religioso ou nao precisa fazer!

      Excluir
    5. Uma duvida?
      Casar no cartorio é fornicaçao tambem, ja que nao se necessita o juiz de paz ter religiao ou vinculo religioso e a instituiçao ser laica!
      Mas como socialmente necessita-se de certidao todo casal religioso ou nao precisa fazer!

      Excluir
    6. Mateus: 18. 18. Em verdade vos digo: Tudo quanto ligardes na terra será ligado no céu; e tudo quanto desligardes na terra será desligado no céu.

      Excluir
    7. Paz do Senhor, permita-me discordsar com o comentário da irmã, Santa Ceia é algo mais sério do que pensamos, pois se participamos de qualquer maneira a Bíblia diz que somos culpados por sua morte, e se não participamos a mesma Bíblia diz que não temos parte com Jesus, ou seja, com a influencia do Espirto sim, mas quem se arrepende é o próprio homem fazendo uso daquilo que é a nossa semelhança com Deus, a nossa capacidade de raciocinar, Deus abençoe, Márcio, Japão.

      Excluir
    8. No livro de Atos 2:43 diz:- E na alma de cada pessoa havia pleno temor... _ eu entendo que falta evangelismo, as pessoas chegam na igreja sem nenhum conhecimento e já vão participando de tudo.... como um oba, oba, e não deveria ser assim... entendo que a igreja é lugar de ADORAÇÃO ....que novos convertidos deveriam ser recebidos, e orientados a frequentar "escola dominical" e aprenderem a reverencia dentro da igreja e também se reconhecerem como igreja "corpo de Cristo"... as pessoas estão muito AVULSAS hoje dentro das igrejas, estão só...atiram para qualquer lado ( quem sabe acertam o alvo).Não aceitaram ( e não reconhecem ) JESUS CRISTO como seu SENHOR e SALVADOR, como REDENTOR - e já estão participando de ceia,das ofertas, dos dízimo, - como assim ? sequer se reconhecem como pecadores? e necessitados desse SALVADOR; se quer sabem que JESUS é 100% DEUS - 100% HOMEM. É muito triste..... seremos todos responsabilizados desse crime? Veja o que diz em Atos 11:16 E sucedeu que todo um ano se reuniram naquela igreja, e ensinaram muita gente; e em Antioquia foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos. Que o senhor possa nos perdoar! Abraços no AMOR DO NOSSO MESTRE JESUS.....

      Excluir
  2. paz pastor, por que no caso de Maria, irmã de Lazaro ungiu os pés de Jesus, sendo que ela não tinha nenhum cargo, mas ela tava segundo Jesus ungindo preparando para sua morte?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela apenas deu o seu melhor o óleo que ela lavou os pés de Jesus era unguento de cheiro não de unção. Na época existia vários tipos de óleo, cada um para seu fim e propósito. enfim só pode ungir com óleo de unção os lideres religiosos como fala em Tiago 5:14.

      Excluir
  3. Desculpa a curiosidade, eu só quero entender certo....

    ResponderExcluir
  4. concordo com o irmao...nao se deve ungir ANIMAIS E NEM OBJETOS...SOMENTES EM PESSOAS...MEMBROS E MEMBRAS DO CORPO DE CRISTO...QUANDO ESTIVEREM DOENTES...E QUANDO FOREM CHAMADO PARA UM CARGO MINISTERIAL(DEPENDENDO DO CARGO MINISTERIAL) DEVEM SER UNGIDOS PELO O OFICIAL DA IGREJA PERANTE A IGREJA..DEUS VOS ABENÇOE AMEM

    ResponderExcluir
  5. isso e um abisurdo maria que ungiu os pes de jesus ela era missionaria presbitera .ou alguma coisa parecida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas como entender no antigo testamento Deus pede para sangue de cordeira fosse forma ungida nas portas para a morte não matar os primogenitos.
      Tem diferença em Orar para Sr guardar um bem emprestado das mãos do inimigo e Ungir um bem para o inimigo não tocar.

      Excluir
  6. Maria não ungiu á Jesus nem á ninguem, o que ela fez foi adorar a Jesus com o oleo

    ResponderExcluir
  7. Aquela unção na verdade era um perfume muito caro que ela derramou os pés de Jesus.

    ResponderExcluir
  8. Tá. E eu tenho outra dúvida. As irmÃs não podem ungir, mas qualquer irmãO pode?? Ou seja, qualquer cristão pode ungir ou isso é exclusivo a Pastores, obreiros, presbíteros, enfim, líderes "autorizados" por algum outro "superior"? Ou as palavras de Jesus, e do próprio Tiago já nos dão essa autoridade?
    Grata.

    ResponderExcluir
  9. mravilhoso saber que pensas como eu

    ResponderExcluir
  10. Amigos irmãos em Cristo vamos parar de tentar heretizar a bíblia ,se ela esta dizendo q só os lideres da igreja pode ungir com óleo aceitem e ponto final...

    ResponderExcluir
  11. HOJE EM DIA QUALQUER PESSOA UNGI, O MUNDO ESTA ENTRANDO EM ALGUMAS IGREJAS, E DEVERIA SER AO CONTRARIO A IGREJA IMPACTANDO ESSE MUNDO, E A UNÇÃO É SÓ PARA OS DOENTES, SE UNGI GATO CACHORRO, ETC, ALGUNS NÃO RESPEITAM, LIDERES E MUITO MENOS A PALAVRA DE DEUS, E SÓ PRESBÍTERO E PASTOR, QUE PODEM EXERCER, ESSE TRABALHO, FALTAM MAS ENSINAMENTOS NAS IGREJAS, SOBRE ESSE ASSUNTO, E MUITOS ERRAM POR NÃO CONHECEREM AS ESCRITURAS E O PODER DE DEUS, ESSA É A MINHA OPINIÃO, E SER HUMILDE, E PROCURAR SER UM OBREIRO APROVADO POR DEUS, E EXECUTAR O QUE A BÍBLIA DIZ, E NÃO ALIZAR O EGO DE ALGUNS PARA ENCHER AS IGREJAS, QUE DEUS ABENÇOE AO QUE LER, ISSO EM O NOME DE JESUS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém!!! Fora a Heresia. Fora a hipocrisia!

      Excluir
  12. Tudo que esta na biblia é para todos, egoismos nao ugirmos quem é de fora, no toque da unçao a pessoa pode receber a bençao assim como qualquer pessoa que esta aberta a receber o que Deus fala!
    Mas sim, na biblia esta escrito que somente pessoas da igreja pode ser ungido com oleo assim como atitudes que hoje nao se tem em relaçao aos pecadores.

    ResponderExcluir
  13. Ola
    Concordo com algumas coisas que diz baseado na biblia!
    Historicamente falando, nos tempos antigos como seria visto se a mulher fosse uma pregadora?
    Sabemos que naquele tempo elas nao tinham voz ativa na sociedade com total submissao ao homem e a familia. Na biblia diz para falarmos do evangelho para todos, esse todos se refere a homens e mulheres naturalmente, e elas tambem falariam do evangelho as outras mulheres e homens!
    A biblia é feita para nos mortais como guia, nosso manual de instruçao de viver, e tudo nela é "entendimento" o mesmo versiculo nao tera o mesmo significado como sabe.
    Ainda falando antigamente o homem provedor da familia a mulher educadora e cuidadora. Atualmente o homem tende ser o provedor, cuidador e educador e a mulher ide? Nao tem lugar na biblia dizendo que nao esta autorizado a mulher a nao pregar, evangelizar ou guiar até uma igreja.
    Todos sabemos que Deus fez a mulher para ajudar o homem, sim mas esse ajudar nao seria fazer o mesmo mas grau menor de intensidade? Pense um pouco no conceito da palavra!
    Se naquele tempo ja houve revolta do rei dos exercitos ser um humilde carpinteiro e montando em um jumento, como veriam a mulher com voz e direcionando homens?
    Obrigado pela atençao!
    Deus nos abençoe!

    ResponderExcluir
  14. Graça e paz;
    Você disse que não há base bíblica para ungir qualquer pessoa,como,o descrete,por exemplo. Mas,no próprio versículo de marcos 6:13,que você colocou, dá a resposta! E expulsavam muitos demônios,e ungiam muitos enfermos com óleo,e os curavam.(Marcos 6:13). Eles ungiam quem com óleo? Não foram os enfermos? E não diz que eram crentes,eram os que eles encontravam.
    E aí?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Erro meu, faltou um nao depois da palavra biblia.
      Penso que por isso entendeu o contrario.
      Todos podem ser ungidos crentes ou nao!

      Excluir
    2. Lá no estudo diz que só os crentes podem ser ungidos. Agora fiquei confusa. Pq se Deus nos mandar ungir alguém sendo eu mulher vou dizer :Senhor eu não posso pq sou mulher?

      Excluir
  15. Gostei muito deste estudo, me levou a reflexão de algumas ideias. A princípio,
    quando li Tiago 5.14 me levou a pensar que o óleo era um simbolismo para estimular a fé usado somente para os que tem presbíterio, mas ao ler marcos 6.13 minha mentalidade foi ampliada, pois o texto diz que Jesus deu aos discípulos autoridade sobre os enfermos.
    Marcos: 6. 13. e expulsavam muitos demônios, e ungiam muitos enfermos com óleo, e os curavam. - (Não específica que eram os crentes)
    Eu entendo que o propósito é curar os enfermos e isso é para todos que recebeu autoridade do Senhor pra isso, ou seja, para todos que estão em Cristo Jesus que receu poder e autoridade pra fazer obras maiores que o nosso Senhor. E recebem os que crêem.
    Todo simbolismo e rituais foram feitos com o propósito de lembrarmos dEle ( Em memória de mim) diz o Senhor.
    Graça e Paz a todos

    ResponderExcluir
  16. Até que enfim,se falou algo proveitoso pois, a palavra não muda,mais o cristão deve ter a mente renovada pela pavra,pois a palavra se renova a CD dia,fica pra traz limitado em um ou dois verciculo quem quer,deixa a palavra nos tr
    ansformar gente pela renovação de nossa mente,vai descobrir que tudo que tem fôlego louvee ao senhor,se tiveres fê, transportará montes,farás obras maiores...então,se com minha fé de mente renovada de seguidora que sou do evangelho de Cristo eu orar e ungir o doente na carne ou espírito e este vier a ser curado,estaria eu fora da palavra,segundo a
    lgumas pessoas,a bíblia vai al da letra,ela tem poder de esclarecer

    ResponderExcluir
  17. O maior problema hoje é que os cristãos estão trocando o que a palavra diz pelo o que ele acha ser certo. Se a Bíblia diz algo não interessa se eu penso o contrário mas infelizmente o diabo tem cauterisado a mente de muitos cristãos que não tiveram uma base bíblica sólida e ele mesmo vendo na bíblia por quem e como deve se proceder a unção ele não aceita a palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  18. O maior problema hoje é que os cristãos estão trocando o que a palavra diz pelo o que ele acha ser certo. Se a Bíblia diz algo não interessa se eu penso o contrário mas infelizmente o diabo tem cauterisado a mente de muitos cristãos que não tiveram uma base bíblica sólida e ele mesmo vendo na bíblia por quem e como deve se proceder a unção ele não aceita a palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  19. A Paz de Deus irmãos. Como foi esclarecedor esta matéria e como eu estava equivocada, preciso ler mais a bíblia e prestar mais atenção ao q ela nos diz!

    ResponderExcluir
  20. Muito boa, resposta bíblica não cabe discussão e sim análise; um post como esse merece respeito, parabéns ao blogueiro, deus é contigo...

    ResponderExcluir
  21. O que dizer de marcos 6: 13 o que dizer do mandamento de Jesus para o Farizeu fazer o mesmo que o samaritano fez o samaritano ungiu pelo menos minha bíblia diz

    ResponderExcluir
  22. O que dizer de marcos 6: 13 o que dizer do mandamento de Jesus para o Farizeu fazer o mesmo que o samaritano fez o samaritano ungiu pelo menos minha bíblia diz

    ResponderExcluir
  23. alguem poderia me ajudar tenho uma duvida um diacono pode ministrar a ceia e fazer unçao na igreja

    ResponderExcluir
  24. paz do Senhor,gostaria de saber se posso receber a uncao sem me casar antes,pois ja sou diaconisa quando fui consagrada estavamos separados,so que agora voltamos,pois vivo com meu conjuje ha 9 anos,mais vamos nos casar ano que vem.Deus o abencoe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Paz do senhor,amada irmã em Cristo Jessus voce diz ser Diaconisa entao sendo diaconisa como pode fazer uma pergunta dessa,minha irmã em cristo esta faltando conhecimento pra voce e pra quem te consagrou a Diaconisa,pesso que me perdoe pelas palavras duras pois a palavra nos diz em 1 Sm 3. 12 – 13 Naquele dia, suscitarei contra Eli tudo quanto tenho falado com respeito à sua casa; começarei e o cumprirei. Porque já lhe disse que julgarei a sua casa para sempre, pela iniqüidade que ele bem conhecia, porque seus filhos se fizeram execráveis, e ele não os repreendeu.Salmos - 50:21
      Ficaria eu calado diante de tudo o que você tem feito? Você pensa que eu sou como você? Mas agora eu o acusarei diretamente, sem omitir coisa alguma.
      Mateus - 5:18 Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido.Mateus - 23:23
      Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim
      Oséias 4:6 joao 8;32 E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”

      Excluir
  25. Amados vamos pensar um pouco, um Cristão independente de cargo eclesiástico ou mulher que seja, paga um preço jejum,oração,busca na palavra, paga um preço pra ter comunhão com Deus, acham vcs que porventura Deus negaria do seu poder ou de sua unção para esse tal? Não Amados de maneira nenhuma Deus o negaria; um vidro de óleo que traz um símbolo, vejamos apenas símbolo nele não há poder, não há unção, e não há Espírito Santo é um símbolo ele representa a unção de Deus, representa o Poder de Deus, representa o Espírito Santo na vida do ministro, se por ventura ele tiver é claro se não tiver não passa de óleo de fritar bolinho, a oração da fé salvará o doente não o óleo; continuando um homem membro qualquer sem cargo eclesiástico reconhecido pelo homem, mas porém é reconhecido por Deus e temido pelo diabo, como poderia um mero frasco de óleo ter mais unção ou poder que esse homem? Alguém de vcs viram um frasco de óleo de joelhos dobrado? Pagando um preço pra conhecer Deus? Como poderia um homem imagem e semelhança de Deus filho do altíssimo ser indigno de um mero frasco de unção? Digo a vós não passa de apenas um frasco morto e sem Vida não o vamos idolatrar por essa razão a milhões de Cristãos descendo ao inferno porque líderes mentirosos instrumentos do diabo resolveram idolatrar esse tipo de coisa e levar centenas e milhares ao inferno vendendo isso é aquilo porque tem poder é ungido,então julguem vcs mesmos se estou certo ou errado.

    ResponderExcluir